Structural Mechanics Module

Novo Aplicativo: Beam Subjected to Traveling Load

Nesse aplicativo, é calculada a resposta a um conjunto de pulsos de carga viajando ao longo de uma viga posicionada em suportes equidistantes. A geometria da viga, a velocidade e a largura dos pulsos de carga e seu espaçamento podem ser variados.

Um aplicativo de uma viga submetida a pulsos de carga viajando ao longo dela, em que a geometria da viga, a velocidade e a largura dos pulsos de carga e seu espaçamento podem ser variados. Um aplicativo de uma viga submetida a pulsos de carga viajando ao longo dela, em que a geometria da viga, a velocidade e a largura dos pulsos de carga e seu espaçamento podem ser variados.

Um aplicativo de uma viga submetida a pulsos de carga viajando ao longo dela, em que a geometria da viga, a velocidade e a largura dos pulsos de carga e seu espaçamento podem ser variados.

Bibliotecas de Peças para Mecânica Estrutural

Nas novas Bibliotecas de Peças, uma série de geometrias foram adicionadas. Há dois grupos principais: seções transversais de vigas 2D e modelos 3D de parafusos, porcas e arruelas.

As seções transversais de vigas vêm em duas categorias principais: seções genéricas e seções padrão. Com uma seção genérica, você tem uma representação parametrizada de algumas seções de vigas comuns. Ao usar as seções transversais padrão, que estão disponíveis para os padrões americanos e europeus, você pode criar a seção transversal com um a três parâmetros. Por exemplo, para uma viga HEA, é possível inserir valores como 100, 120, 140 etc. para gerar a geometria do feixe.

O uso principal das seções transversais de viga está na interface Seção Transversal de Viga, mas elas também podem ser extrusadas para modelos 3D completos.

Na pasta Parafusos, é possível encontrar parafusos, porcas e arruelas com diferentes níveis de detalhe, prontos para inserção no modelo. As geometrias foram projetadas para malha facilitada e os parafusos estão preparados para uso em conjunto com o recurso de Pré-Tensão de Parafuso na interface Mecânica de Sólidos.

Quando um parafuso é inserido a partir da Bibliotecas de Peças no modelo Prestressed Bolts in a Tube Connection, os diferentes parâmetros geométricos podem ser facilmente definidos. Quando um parafuso é inserido a partir da Bibliotecas de Peças no modelo Prestressed Bolts in a Tube Connection, os diferentes parâmetros geométricos podem ser facilmente definidos.

Quando um parafuso é inserido a partir da Bibliotecas de Peças no modelo Prestressed Bolts in a Tube Connection, os diferentes parâmetros geométricos podem ser facilmente definidos.

Tensão Externa

Um novo recurso, External Stress, foi introduzido nos subnós Linear Elastic Material, Nonlinear Elastic Material e Hyperelastic Material. Ele é usado para adicionar uma contribuição de tensão extra à tensão calculada pelo modelo constitutivo.

  • É possível optar por usar a tensão externa apenas como uma contribuição de carga, sem adicioná-la ao tensor de tensão. Geralmente, esse é o caso quando há uma pressão de poro em um meio poro-elástico.
  • Tensores de tensão calculados por outras interfaces estão disponíveis e podem ser selecionados.
  • Uma pressão nos poros, calculada por meio da interface Darcy\'s law, pode ser diretamente selecionada.
  • Podem existir diversas contribuições externas de tensão em um mesmo domínio.

Nesse modelo de uma escavação, as tensões in situ são introduzidas usando o recurso External Stress. Nesse modelo de uma escavação, as tensões in situ são introduzidas usando o recurso External Stress.

Nesse modelo de uma escavação, as tensões in situ são introduzidas usando o recurso External Stress.

Acoplamento Multifísico para Expansão Higroscópica

Quando a interface Solid Mechanics é combinada com uma das interfaces Transport of Diluted Species ou Transporte de Espécies Diluídas em Meios Porosos, um novo acoplamento multifísico, chamado Hygroscopic Swelling, é criado. Ele tem as mesmas configurações que o subnó Expansão Hygroscopic Swelling dos nós do modelo de material. Com esse novo acoplamento multifísico, é possível ligar uma concentração de umidade, calculada nas interfaces Transport of Diluted Species ou Transport of Diluted Species in Porous Media, a uma deformação causada por expansão higroscópica.

Concentração de umidade e deformações em um sensor de pressão MEMS em função da expansão higroscópica. Concentração de umidade e deformações em um sensor de pressão MEMS em função da expansão higroscópica.

Concentração de umidade e deformações em um sensor de pressão MEMS em função da expansão higroscópica.

Cálculo de Propriedades de Massa

As interfaces físicas de mecânica estrutural (Solid Mechanics, Membrane, Shell, Plate, Truss, Beam e Multibody Dynamics) agora fornecem propriedades de massa completas para o nó Mass properties em Definitions. Todos os tipos de contribuições de massa das interfaces físicas são contabilizados:

  • Densidade de massa em todos os modelos de material;
  • Massa adicionada;
  • Massa e inércia pontuais;
  • Massa e inércia em domínios rígidos e conectores rígidos;
  • Inércia em relação à espessura de vigas e cascas; e
  • Inércia em relação ao giro em torno do eixo de uma viga.

Modelo de Material Mola na interface Truss

Um novo modelo de material, voltado à simplificação da modelagem de molas e amortecedores discretos, foi adicionado à interface Truss. A mola é conectada entre dois pontos que podem ter deformações arbitrariamente grandes. O propósito primário não é usar a mola em modelos de treliça e sim usá-la para conectar pontos em outras interfaces de mecânica estrutural. A mola pode ser posicionada em paralelo com um amortecedor viscoso e também ter amortecimento do fator de perda. As características da mola podem ser não lineares e é possível ativá-la ou desativá-la com base em uma expressão lógica.

Malha Baseada em Física na Interface Truss

A malha padrão da interface Truss agora usa um elemento por borda. Essa resolução é suficiente para todas as estruturas de treliça, portanto, mais elementos são requeridos somente na modelagem de cabos. A vantagem disso é que a malha padrão ficará bem menor do que antes. Além disso, a discretização padrão na interface Truss agora usa funções de forma lineares, em vez de quadráticas.

O tempo de solução do modelo Truss Tower Buckling foi reduzido por um fator de 10 com as novas configurações padrão. O tempo de solução do modelo Truss Tower Buckling foi reduzido por um fator de 10 com as novas configurações padrão.

O tempo de solução do modelo Truss Tower Buckling foi reduzido por um fator de 10 com as novas configurações padrão.

Amortecimento Viscoso

Nas interfaces Solid Mechanics e Membrane, agora é possível especificar Amortecimento viscoso em conjunto com o Material Elástico Linear. O amortecimento viscoso, que relaciona a tensão à taxa de deformação, pode ser usado tanto no domínio de tempo como no da frequência.

Viscoelasticidade Adicionada à Interface Membrane

Na interface Membrane, os efeitos da viscoelasticidade agora foram incluídos nos seguintes modelos viscoelásticos:

  • Generalized Maxwell
  • Standard Linear Solid
  • Kelvin-Voigt